Placas Fotovoltaicas – Como funciona o Painel Solar Fotovoltaico

“Entenda tudo o que você precisa saber sobre as placas fotovoltaicas. Como funcionam, o que são e porque são utilizadas no sistema solar de energia.”

A placa fotovoltaica é o principal equipamento de um sistema solar fotovoltaico, e disso nós já sabemos. E ela quem recebe os raios solares emitidos pelo sol e a transforma em energia elétrica para o nosso uso. Mas não é somente isso, descubra tudo por trás das placas solares fotovoltaicas.

Placas Fotovoltaicas como

O que são Placas Fotovoltaicas

Uma placa solar fotovoltaica é uma estrutura composta por diversas estruturas menores e conhecidas como células fotovoltaicas, cada célula possui uma capacidade muito pequena de geração de energia. Sendo assim, é necessário aglomerar várias delas de forma organizada, gerando maior capacidade de aproveitamento energético.

Da união de várias células fotovoltaicas surge o que conhecemos como placa solar ou painel solar, muito visto nos telhados das casas e empresas.

Esses sistemas possuem a capacidade de alimentar uma casa ou empresa e é dimensionado de acordo com o a necessidade de consumo do cliente. Assim, é possível construir um projeto em tamanho adequado para atender as reais necessidades.

A função das placas fotovoltaicas é a de converter a luz do sol em energia elétrica, o que é feito por meio de suas células fotovoltaicas de silício, material condutor de energia.

Como funcionam as Placas Solares Fotovoltaicas

A geração da energia fotovoltaica é realizada por meio de cada célula fotovoltaica que compõe a placa solar. Isso justifica a grande variedade de modelos e potências no mercado, pois quanto maior o número de células em uma placa, maior será a sua capacidade de absorver a luz solar e  a transformar em energia.

— O processo que converte a luz do sol em energia elétrica é conhecido como efeito fotovoltaico, descoberto pelo físico francês Edmond Becquerel, em 1839.

Veja também:  Energia Solar Fotovoltaica - O que é, como funciona o Sistema Solar?

O processo de transformação ocorre quando os fótons, que são partículas da luz do sol, atingem a célula fotovoltaica e reagem com o material semicondutor. Ao reagir com o material condutor, ocorre a liberação de energia elétrica.

Uma célula fotovoltaica é fabricada e constituída de forma a possuir duas camadas distintas, uma negativa e outra positiva, possibilitando o processo de geração de energia.

Essas camadas, são colocadas dentro da célula com a negativa na parte de cima e a positiva na parte de baixo e uma fina grade unindo as duas.

Quando os fótons atingem a célula, eles reagem com os átomos de silício e fazem com que os elétrons do lado negativo se desprendem.

Esses elétrons não conseguem passar diretamente para o lado positivo, e o mesmo ocorre do contrário, devido a um campo elétrico que se cria nessa área de junção.

Assim, o único caminho para eles é através da fina grade que une as camadas, o que cria a corrente elétrica que conhecemos como energia solar fotovoltaica.

Por que utilizar Placas Fotovoltaicas?

A resposta é simples! A utilização de placas fotovoltaicas gera economia de energia elétrica e como consequência do valor de sua conta.

Através das regras de geração distribuída criadas pelas Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica em sua Resolução Normativa Nº 482, o consumidor que instalar o sistema em sua casa ou empresa pode conectá-lo à rede elétrica local e passar a fazer parte do sistema de compensação de energia elétrica.

Os sistemas de energia fotovoltaica dependem da luminosidade  transmitida pelo sol para gerar energia, porém no período da noite o consumidor precisa utilizar a energia da rede pública.

Felizmente, isso não é um problema, pois com a legislação mencionada acima em vigor, a produção excedente durante o dia é transmitida para a concessionária, gerando créditos na conta de energia e portanto permitindo a utilização da rede pública nos períodos em que não houver sol, sem sustos na conta de energia.

Veja também:  Inversor Grid-Tie - O que é e como funciona esse sistema?

Por isso, é muito importante o correto dimensionamento do sistema, de forma que a energia gerada durante o dia, atenda a demanda daquele horário e ainda gere crédito suficiente com a concessionária para utilização no período noturno.

Desta forma, é possível reduzir a conta de energia elétrica em até 95%, restando apenas impostos e tarifas como a de iluminação pública.

Conclusão

Aqui você pôde entender melhor sobre as placas fotovoltaicas e como elas funcionam para realizar este processo mágico de transformar algo tão simples como a luz do sol em energia elétrica para a sua casa ou empresa.

Detalhamos também que ao utilizar as placas fotovoltaicas você pode enviar o excedente para a rede de distribuição pública de energia, gerando assim créditos em suas próximas faturas.