Principais linhas de financiamento de energia solar no Brasil

“A geração e o desenvolvimento de novas tecnologias de energia solar vem crescendo cada vez mais no Brasil. Atualmente, muitas pessoas, tanto físicas quanto jurídicas, optam pelas linhas de financiamento de energia solar para conseguir obter economia em seus custos com eletricidade.”

A demanda e a procura por esse tipo de crédito fez com que os bancos e instituições diversificassem as opções e formas de financiar um sistema de energia solar. As taxas de juros para esta modalidade são bem atrativas, não ultrapassam os 4% ao mês e o prazo para pagamento pode chegar até 18 anos.

financiamento de energia solar no Brasil

O Brasil está cada vez mais consciente de seu potencial energético solar. Entretanto, o valor total do sistema solar ainda é um obstáculo para muitas pessoas. Porém, encare o sistema de energia solar como um investimento econômico para sua empresa ou residência, a longo prazo.

Um sistema solar pode durar mais de 25 anos, na verdade não há uma idade certa, dependendo das manutenções e qualidade do produto, à quem diga que pode chegar até mais de 30 anos.

A melhor maneira de conseguir maximizar o retorno sobre o investimento e diminuir ao máximo o tempo para retorno é realizando o pagamento “à vista” ou parcelado sem juros. Mas, entendemos que está não é a realidade para muitas pessoas. Portanto, neste post você encontrará as principais linhas de financiamento de energia solar disponíveis no Brasil.

Principais linhas de financiamento de energia solar


Banco da Amazônia

O Banco da Amazônia tem como principal objetivo incentivar o uso da energia solar na região norte do Brasil. Sua linha de crédito pode ser contrata por pequenas, médias e grandes empresas. As taxas de juros estão em torno de 0,59% e 1,02% ao mês, de acordo com o tamanho da empresa. O prazo para pagamento é de até 12 anos (144 meses), com até 4 anos (48 meses) de carência.

Veja também:  Consórcio Nacional Solar - Como funciona e como contratar?

Saiba mais sobre o financiamento solar do Banco da Amazônia


Banco do Brasil

O Bando do Brasil oferece duas linhas de financiamento de energia solar, o Proger Urbano Empresarial e FCO Empresarial.

Proger Urbano Empresarial: Tem o objetivo de financiar reformas em instalações ou compras (maquinas, equipamentos e veículos). E é realizado em parceria com o Governo Federal e o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), por isso as taxas são menores e negociáveis. As taxas de juros variam de acordo com a relação que o contratante tem com o banco. Essa modalidade oferece ao cliente até 80% do valor do projeto apresentado, com um prazo de 72 meses de financiamento.

FCO Empresarial: Utiliza capital do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) e foi criado pelo governo para potencializar o desenvolvimento econômico e social da região do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, ou Mato Grosso do Sul.

Seu publico-alvo são as pessoas jurídicas que se dedicam à atividades produtivas nos setores industrial, agroindustrial, mineral, turístico, comercial, de serviços e de infraestrutura econômica, inclusive empresas públicas não dependentes de transferências financeiras do Poder Público. É direcionado aos produtores rurais, tanto pessoa física como jurídica, bem como cooperativas e associações com atividade rural.

Saiba mais sobre o financiamento solar do Banco do Brasil.


Banco do Nordeste

O Banco do Nordeste lançou uma linha de financiamento de energia solar para as empresas do Nordeste. O FNE Sol é destinado a empreendedores que desejam produzir energia solar no Nordeste Brasileiro. Empresas de todos os portes e setores, produtores e empresas rurais, cooperativas e associações dos estados podem solicitar esse financiamento.

Os juros variam de 6,5% a 11% ao ano, de acordo com o porte da empresa. Podem ser financiados até 100% do valor do projeto, com um prazo de pagamento de até 12 anos e com seis meses a um ano de carência.

Veja também:  Principais vantagens de solicitar financiamento solar fotovoltaico

Saiba mais sobre o financiamento solar do Banco do Nordeste


BNDES

O financiamento solar do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) é destinado a grandes projetos de energia solar. E através do banco o cliente, dependendo do projeto, pode financiar até 80% do valor com uma taxa de juros de 7,5% ao ano.

Saiba mais sobre o financiamento solar BNDES

linhas de financiamento de energia solar


Caixa Econômica

A Caixa Econômica Federal anunciou que os projetos de energia solar fotovoltaica e aerogeradores na linha de crédito Construcard, podem ser financiados em até 240 vezes com taxa de juros em torno de 1,95% ao mês. O financiamento solar Caixa Econômica pode ser solicitado por pessoas físicas ou jurídicas. Você pode acessar o site e fazer uma simulação e ter conhecimento das taxas, prazos e valores do empréstimo.

Saiba mais sobre o financiamento solar da Caixa Econômica


Desenvolve SP

Com o objetivo de reduzir as emissões de CO2 em São Paulo, o Gorverno Estadual através do Desenvolve SP criaram duas linhas de financiamento de energia solar, a Linha Economia Verde e a Linha Economia Verde – Máquinas. Ambas as linhas de créditos são destinas a empresas que desejam investir em itens ecologicamente sustentáveis.

A linha Economia Verde oferece prazos de 120 meses, com carência de 24 meses e taxas de juros de 0,53% ao mês, já a linha Economia Verde – Máquinas conta com um prazo de pagamento de 60 meses e 12 meses de carência e taxas de juros de 0,53% ao mês.

Saiba mais sobre a Linha Economia Verde


Pronaf

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), é um programa com participação do BNDES. O programa “Mais Alimentos” é direcionada para agricultores e produtores rurais, que desejam financiar melhorias em seu empreendimento, incluindo o financiamento de sistemas fotovoltaicos.

Veja também:  Vantagens de Financiar Sistema Solar Fotovoltaico - E desvantagens

O limite de crédito individual nesta modalidade é de R$ 330 mil, com uma taxa de juros que variam de 2,5% a 5,5% ao ano, com carência de 36 meses.

Saiba mais sobre o financiamento solar Pronaf


Santander

O Banco Santander oferece três tipos de linhas de financiamentos de energia solar, sendo eles: CDC Eficiência Energética de Equipamentos, CDC Acessibilidade e CDC Processos Mais Limpos.

As condições gerais são: acessível para pessoas físicas e jurídicas (não é necessário ser correntista), valor financiado de R$ 2.500,00 a R$ 500 mil, com 60 meses para pagamento e taxa de juros que variam de acordo com os valores, prazos e as demais condições escolhidas pelo cliente no ato da aquisição.

Saiba mais sobre o financiamento solar do Santander


Sicredi

A linha de financiamento Sicredi Energia Solar está disponível para associados que desejam adquirir equipamentos e a tecnologia para geração de energia solar, tanto para residência ou empresa. A Sicredi oferece um prazo de pagamento de até 120 meses, com taxas de juros que variam entre 1% e 3% ao mês.

Saiba mais sobre o financiamento solar da Sicredi


Conclusão

Como citamos acima, encare o financiamento de energia solar como um investimento a longo prazo. Observe atentamente os prazos, valores e condições de pagamento antes de decidir qual financiamento solicitar. Pesquise com calma e cautela a melhor opção para o seu projeto.