Diferenças e benefícios da Mini e Micro Geração de Energia

“Mini e Micro geração de energia. Você já ouviu falar nestes termos? Aqui neste texto você vai conhecer melhor cada um deles e as suas principais diferenças. Confira!”

Além de saber as principais diferenças entre mini e micro geração de energia, veja também quais são os benefícios e vantagens oferecidos para quem opta por um sistema de energia solar.

Mini e Micro Geração de Energia

Micro Geração de Energia

A Micro geração de energia é o termo utilizado para definir uma unidade geradora de energia solar com capacidade menor ou igual a 75 Kw e que esteja conectada a rede de distribuição. Podemos utilizar como exemplo uma casa com um sistema de energia solar.

Mini geração de Energia

A Mini geração de energia é o termo utilizado para definir uma unidade geradora de energia solar com capacidade superior a 75 Kw e menor ou igual a 3 MW, para a fonte hídrica, ou 5 MW para as demais fontes e que esteja conectada a rede de distribuição.

Mini e Micro Geração de Energia: Como funciona?

A mini e a micro geração de energia, possibilita que pequenos produtores de energia através de fontes renováveis como a energia solar. Estes produtores, são geralmente consumidores que instalam os sistemas solares em suas residências para consumo próprio, porém toda a energia excedente é enviada para a rede pública de distribuição.

Este envio de energia retorna em forma de créditos na conta de energia elétrica, trazendo benefícios ao consumidor. A conta de energia pode ser reduzida em até 95%, apenas com os créditos provenientes de uma micro ou mini geração de energia

Benefícios da Micro e Mini Geração de Energia

Veja neste tópico os benefícios das principais formas de geração de energia.

Veja também:  Bandeiras Tarifárias - O que são e como economizar energia?

Energia Limpa e Sustentável

A micro e mini Geração utilizam fontes de energia renováveis e portanto não causam impactos ao meio ambiente, sendo consideradas um modelo de geração limpo, sustentável e ecologicamente correto.

Eficiência

A micro e mini geração distribuída que é considerada a forma mais eficiente de geração de energia. Neste modelo de geração a energia é gerada no próprio local de consumo. Sendo assim, não há necessidade de se construir linhas de transmissão gigantescas e usinas hidrelétricas ou termelétricas que dependem de alto investimento governamental.

Esse tipo de geração de energia é uma excelente alternativa não só para o consumidor, mas também para o governo que acaba não precisando investir ainda mais em geração de energia.

Economia

A micro e a mini geração trazem excelentes benefícios ao consumidor, uma vez que os seus custos com energia serão praticamente zerados.

Apesar do investimento inicial, um sistema solar por exemplo, tem vida útil de 30 anos. Ou seja, a redução mensal no valor pago de energia elétrica será muito superior ao investimento inicial. Estima-se um retorno em um período de 4 a 8 anos, para um sistema que funcionará por cerca de 30 anos. São mais de 20 anos apenas gerando lucros!

Valorização do Imóvel

Residências que possuem sistemas geração de energia, são mais valorizadas do que as demais. Afinal, quem não deseja investir em um imóvel que produza a sua própria energia ao invés de gerar altos custos com energia elétrica?

Por esse motivo os sistemas mini e micro geradores acabam contribuindo para a valorização dos imóveis.

Simplicidade

Apesar de parecer algo muito complexo. Ambos os tipos de geração de energia são muito simples.

Veja também:  Como gerar energia solar na minha casa e empresa

Um sistema de energia solar por exemplo, é basicamente composto de painéis solares e um inversor de corrente. A sua instalação também não é tão complexa e para isso existem diversas empresas no país  com profissionais capacitados para instalar e entregar ao usuário o sistema totalmente operacional.

Segurança

As energias renováveis possibilitam ao consumidor mais tranquilidade em relação ao sistema público de energia. Isso porque as tarifas no Brasil sofrem constantes reajustes, o que acaba dificultando a vida do consumidor em relação a fazer uma previsão de seu consumo.

Além dos reajustes tarifários, opera no Brasil o sistema de bandeiras tarifárias que aumenta o valor de cada 100kw consumidos de acordo com os níveis dos reservatórios das usinas hidrelétricas.

Já com a mini e a micro geração de energia, o consumidor fica despreocupado em relação aos sustos ao receber a conta de energia.

Conclusão

Agora que você já sabe o que significa e as diferenças entre mini geração e a micro geração de energia. O que está esperando para começar a se beneficiar desta possibilidade e diminuir consideravelmente o valor gasto mensalmente com energia?

Dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário!