O que são e como funcionam os geradores de energia elétrica

“Existem muitas formas de gerar energia elétrica para residências e empresas. Os geradores de energia elétrica são equipamentos fundamentais em casos de apagões gerais. Entenda como funciona, os tipos de geradores, potências e muito mais. Continue a leitura!”

Em nossa vida diária usamos a energia elétrica para despenhar diversas funções. Quando apagões acontecem podem causar grandes transtornos em uma residência. Porém em lugares como estabelecimentos comerciais, eventos, hospitais etc, esse prejuízo pode ser ainda maior.

como funcionam os geradores de energia elétrica

É aí que entram os geradores, que garantem que mesmo com falta de energia seja possível manter a corrente elétrica. Existem várias maneiras de gerar energia elétrica. Podemos citar as usinas hidrelétricas, sistemas e painéis solares dentre outros, renováveis ou não.

Usamos a energia para trabalhar, nos comunicar e realizar diversas tarefas diárias. Os geradores são muito utilizados na indústria para garantir que mesmo que a corrente elétrica caia durante um período de tempo o trabalho não seja interrompido.

Os geradores de energia elétrica são máquinas que convertem energia mecânica em energia elétrica por meio de um motor. Eles possuem diferentes modelos e potências. Sendo assim, podem ser adaptados para diversos fins. Um gerador elétrico pode ser utilizado para garantir a energia de uma fábrica até um pequeno hotel.

Tipos de geradores de energia elétrica

Existem diversos modelos de geradores de energia. Alguns deles são movidos a gás, gasolina e até mesmo diesel. É possível encontrar no mercado quatro tipos de geradores, sendo eles: gerador de corrente contínua, gerador de indução, gerador síncrono e motores elétricos. Cada um deles apresenta voltagens e tensões diferentes.

A potência desse tipo de máquina é medida em KVA. Ele pode ter entre 20 a 1500 KVA de potência, sendo ela proporcional ao tamanho do gerador. Assim, um gerador de 1000 KVAS pode ocupar quase 5 m² de uma área. A escolha do tipo de potência e modelo deve ser escolhida de acordo com sua necessidade.

Veja também:  Conheça as principais formas de geração de energia elétrica

É preciso destacar que os motores elétricos são semelhantes aos geradores. No entanto, eles convertem a energia elétrica em energia mecânica. É possível também converter energia química em energia elétrica através de pilhas, por exemplo. Já a energia solar é convertida através de geradores fotovoltaicos.

Diferenças entre gasolina ou diesel

Os geradores de energia movidos a gasolina são mais baratos que os movidos a Diesel. Eles normalmente custam cerca de 30% a menos. Eles também são mais silenciosos e, seguindo o exemplo dos carros, são também menos poluentes. Todos esses fatores refletem no preço final, e sendo a gasolina mais cara que o diesel, esse gerador tem um preço maior.

Os geradores de energia a diesel são muito mais robustos, ou seja, são mais resistentes que os movidos a gasolina. Eles podem ser uma boa opção se forem usados continuamente. Embora o diesel seja mais barato, o equipamento tem o preço de aquisição maior, no entanto ele é mais resistente.

Elementos do gerador de energia

Um gerador é composto por:

  • motor;
  • alternador;
  • sistema de combustível;
  • regulador de tensão;
  • sistema de lubrificação;
  • bateria e;
  • painel de controle.

Esses componentes garantem seu bom funcionamento. Por isso fique atento ao escolher o tipo de máquina que mais atende as suas necessidades.

O tanque de combustível normalmente tem capacidade suficiente para manter o gerador operacional de acordo com o seu porte. O motor é a fonte da energia mecânica de entrada para o gerador. Já o alternador produz a saída elétrica da entrada mecânica fornecida pelo motor.

O gerador possui peças móveis no seu motor, o que requer lubrificação para garantir durabilidade e operações suaves por um longo período de tempo. O regulador de tensão regula a saída do gerador, sendo sua partida operada pela bateria. Tudo é controlado a partir do painel de controle que contém as disposições para tomadas elétricas e controle.

Veja também:  Diferenças e benefícios da Mini e Micro Geração de Energia

Potências de geradores de energia

  • 1500 a 2500 KVA: Indicados para áreas que precisam de máximo desempenho. Como é o caso de usinas e indústrias de grande porte;
  • 1000 a 1500 KVA: Ideal para estabelecimentos de grande porte que precisam de grandes quantidades de energia elétrica. Podem ser usados em indústrias de automóveis ou siderúrgicas, por exemplo;
  • 750 a 1000 KVA: Sugeridos para os estabelecimentos que precisam de potência como os segmentos de refinarias ou mesmo call center;
  • 500 a 750 KVA: Esses geradores são eficientes e possuem alta tecnologia. São indicados para os setores de siderúrgica ou fábricas de cimento e também de tijolos;
  • 370 a 500 kVA: Esse tipo de gerador é uma ótima opção para casa de festas ou grandes eventos. Isso porque eles são robustos e desempenham em alta potência;
  • 270 a 370 kVA: O gerador que possui essa potência é mais utilizado pelo mercado varejista. Isso porque ele é mais silencioso porém é ainda bastante potente;
  • 130 a 270 kVA: Ele possui um bom desempenho em indústrias químicas ou em fábricas de pequeno porte;
  • 60 a 130 kVA: Indicado principalmente para a construção civil;
  • 10 a 60 KVA: Muito utilizado em empresas do ramo de telecomunicações. No entanto, atendem as necessidades de diversos outros segmentos.