Corrente alternada e contínua – Entenda qual a diferença!

“A eletricidade que usamos vêm das usinas em forma de uma corrente elétrica. Agora mesmo você está usando ela, seja em um aparelho de celular ou notebook. As correntes elétricas que fazem o serviço da sua internet funcionar está chegando dessa forma. Entenda agora a corrente alternada e contínua funciona.”

A diferença entre a corrente contínua e alternada é o sentido dela. Uma corrente elétrica nada mais é que um fluxo de elétrons, ou seja, partículas que carregam energia que passam por um fio. Se os elétrons se movimentam em um sentido único, essa corrente é chamada de contínua. Se eles mudam de direção de forma constante é chamado então de corrente alternada.

Corrente alternada e contínua

Em sua utilização a diferença entre elas está na capacidade de transmitir energia para locais distantes. A energia que você usa é produzida por uma usina hidrelétrica ou usina termelétrica e precisa percorrer centenas de quilômetros até chegar à tomada da sua casa. Se essa energia é transmitida por uma corrente alternada, ela não perde muita força em seu percurso.

Quando se trata da contínua o desperdício no entanto, é muito grande. Isso acontece porque a corrente alternada pode frequentemente ficar com uma voltagem muito mais alta que a contínua. Sendo assim, quanto maior é essa voltagem, mais longe a energia chega sem perder força no trajeto.

Não é possível que todo sistema de transmissão seja em corrente contínua. Para isso seria necessário uma usina em cada bairro para abastecer as casas com eletricidade. O único problema da alta voltagem transportada pela corrente alternada é que ela pode provocar choques fatais o que, obviamente, é muito perigoso para uso doméstico.

Veja também:  Entenda a regulamentação dos créditos de energia solar

Portanto, a corrente usada nas casas ainda é a alternada, porém com uma voltagem bem mais baixa. Já a corrente contínua é encontrada em pilhas e baterias, por exemplo. Isso porque a energia gerada por elas, usada nos próprios aparelhos que as carregam, não precisa ir longe.

Existem também muitos equipamentos eletrônicos que só funcionam com corrente contínua. Nesse caso, eles possuem transformadores internos, que adaptam a corrente alternada que chega pela tomada. Como é possível ver, é tudo uma questão de intensidade dependendo do fim para a utilização.

O que é corrente alternada?

Na corrente alternada o fluxo de elétrons que carrega a energia elétrica dentro de um fio não segue um sentido único. Em determinados momentos os elétrons vão para a frente, em outros vão para trás, mudando de rota 120 vezes por segundo.

Essa variação é fundamental para o seu funcionamento. Isso porque os transformadores que existem numa linha de transmissão só funcionam recebendo esse fluxo de elétrons de forma alternada. Dentro do transformador, a voltagem da energia transmitida é aumentada, permitindo que ela viaje longe, desde uma usina até seu destino final.

O que é corrente contínua?

Enquanto isso, na corrente contínua o fluxo de elétrons passa pelo fio sempre no mesmo sentido. Nesse caso, como não há mudança essa corrente não é aceita pelos transformadores e não ganha voltagem maior. Sendo assim, a energia elétrica não pode ir muito longe.

Dessa forma, a corrente contínua é usada em pilhas e baterias ou para percorrer circuitos internos de aparelhos elétricos. Esse tipo de corrente faz com que aparelhos como um chuveiro elétrico, por exemplo, funcione. No entanto, ela não serve para transportar energia entre uma usina e uma cidade.

Veja também:  Energia Renovável - O que é e quais são as principais fontes de energia?

Por que existem dois tipos de corrente?

A corrente contínua é gerada principalmente por elementos químicos. Quando esses elementos são colocados em contato transformam energia química em elétrica. A pilha comum, por exemplo, é formada de zinco, com polo negativo, e carbono, com polo positivo, em contato elas geram uma tenção que é transformada em energia. Essa tenção é baixa, sendo utilizada em diversos aparelhos eletrônicos como controles remotos e computadores.

A corrente alternada é chamada de corrente da natureza. Isso porque é gerada a partir de elementos naturais como quedas d’água, vento, que fazem girar um ímã ou uma bobina para gerar a corrente elétrica. Essa é a corrente que chega até as casas. Ela é utilizada nas linhas de transmissão, porque dessa forma as perdas de energia são menores.

A facilidade com a qual as voltagens podem ser aumentadas ou diminuídas com o transformador é a principal razão para que a distribuição de energia elétrica seja de corrente alternada. Ambas as correntes possuem suas utilidades. Por isso usamos as duas em nosso dia a dia. Sendo assim, é preciso ficar atento a voltagem dos aparelhos que usa, e se for mexer na estrutura elétrica da sua casa.

Quando comprar um aparelho eletroeletrônico verifique se sua voltagem é a correta para a localidade onde mora. E ao construir uma casa ou fazer uma obra que mexa na estrutura elétrica, é necessário que seja feito um projeto elétrico. Preste atenção a esses detalhes para não causar nenhum acidente ou mesmo gastar muita energia e perder dinheiro.