Energia Cinética – O que é e como funciona a geração de energia?

“Você sabe o que é energia cinética? Não? Então, continue a leitura desse conteúdo e saiba tudo sobre o assunto. Entenda o que é, como funciona e tudo relacionado a energia do movimento.”

— A energia cinética é a energia gerada a partir do movimento. Ou seja, tudo que se move. Um exemplo de geração é a energia maremotriz (ou energia das ondas e marés) uma vez que as águas estão em constante movimento.

energia cinética

No mundo, o investimento na busca por uma energia limpa e sustentável abre grandes portas para possível meios que, para nós, seria um grande avanço.

Nesses anos, conseguimos transformar em eletricidade muitos recursos naturais que são sustentáveis, como o sol. A energia solar é apenas um exemplo de como o nosso planeta e até o universo nos proporciona meios para sobreviver.

No entanto, o ser humano já começou a buscar outras fontes de energia e uma delas é a energia maremotriz, também conhecida como marítima. Esse meio de gerar eletricidade tem a ver com o movimento das águas, correntes marinhas, etc.

Esse movimento gera energia cinética, que é o que usamos para transformar em eletricidade utilizável. Ficou curioso? Vamos conhecer um pouco mais sobre o assunto. Confira!

Energia Cinética: A energia do movimento

Esse tipo de energia é gerada a todo momento, por todos nós, ao menos, por aqueles que estejam em movimento. Em palavras mais cientificar, a energia cinética é gerada quando um corpo de massa está a se movimentar. Este corpo passa a possui a energia cinética.

Lembram acima quando citei a energia marítima? Esse meio de gerar energia elétrica só funciona porque o mar está sempre em movimento, independentemente do tempo, haverá ondas, correntes marítimas constantes.

Tudo isso é um fator benéfico para a geração e utilização da energia cinética. Em um corpo de massa, a energia cinética acontece para conseguir fazer o corpo ganhar velocidade e mante-la.

A cinética é constante em uma velocidade mantida pelo corpo, porém, se modifica se a massa acelera sua velocidade.

Outro fator que diz respeito a variação da geração de energia de forma cinética em uma massa é o peso da mesma. Considere a situação: duas massas estão correndo a uma velocidade equivalente constante. No entanto, uma das massas possui um peso maior que a outra. Agora responda “qual das massas possui a maior quantidade, que está gerando maior quantidade, de energia?”.

Veja também:  kW e kWh - Qual é a diferença entre os Watts de potência?

Obviamente, o corpo com a maior massa, pois, este necessita de uma quantidade um pouco maior para gerar a velocidade de acordo com o peso que contém.

Uma energia transformável

Uma das maiores vantagens deste tipo de energia é a sua capacidade de transformação. A cinética tem a capacidade de ser transferida de um corpo a outro, podendo, inclusive ser transformada em diversos tipos de energia.

Uma variação inversa a cinética é a Energia Potencial. Essa energia é diferente simplesmente pelo fato de ser uma forma de armazenamento. Ao contrário da cinética que é gasta com o intuito de gerar energia para movimento da massa.

A energia potencial armazena esta mesma energia, a cinética, em estado de repouso, essa mesma é manifestada quando a massa de um corpo se põe em movimento novamente. Assim, a energia potencial torna-se energia cinética.

A equação da geração de energia cinética

Considere a seguinte equação:

fórmula da energia cinética

Onde:

  • Ec – Energia cinética;
  • v – Velocidade;
  • m – massa.

Essa é a fórmula usada para calcular a energia cinética gerada pouco um corpo em movimento. Lembrando que a energia cinética é medida em Joules. Observe a equação e me diga o que muda segundo variações.

Uma eu já falei, referente a massa do corpo. Se a massa do corpo em movimento foi aumentada, a energia também aumentará igualitariamente. No entanto, sua velocidade pode continuar a mesma.

Porém, outra observação, presente na velocidade deve ser considerada. Veja na equação que o “v”, que diz respeito a velocidade do corpo, está elevado ao quadrado.

Em outras palavras, se um corpo de determinada massa e sua velocidade for duplicada, a energia cinética, a partir disso, será quadruplicada.

Transformando energia cinética em energia elétrica

Existem algumas maneiras de transformar a energia cinética de uma massa em energia elétrica, a primeira delas já conhecemos, a marítima, porém, aqui vai outras formas que vocês não conheciam.

Veja também:  Energia Renovável - O que é e quais são as principais fontes de energia?

As vibrações

Sim, as vibrações podem gerar energia elétrica a partir dela. Sendo essa uma forma muito usada em microssensores instalados em lugares com extrema dificuldade de acessibilidade.

Essa energia é gerada por imãs presos aos dispositivos. As vibrações os movimentam de tal forma que eles geram energia suficiente para que o dispositivo funcione perfeitamente.


Movimento

Já viram como um corpo em movimento pode gerar energia? Sim, pode, e você já deve ter visto em algum lugar uma experiência com hamster, ou mesmo uma pessoa pedalando.

É como eu disse, a velocidade do corpo gera energia. Nos experimentos citados, os hamsters e as pessoas continuavam parados, porém, o humano usava uma bicicleta de academia para gerar a energia, enquanto o hamster usava uma daquelas rotinas de exercícios.

Em ambos os casos, o movimento era captado e convertido para realizar uma determinada tarefa, como acender uma lâmpada, fazer um motor ligar ou carregar uma bateria.


Conclusão

A energia cinética é a próxima grande concorrente da energia solar em termos de produção de energia sustentável, resta saber quanto tempo levará para implantar isso em nosso meio de convívio.