O que é Efeito Fotovoltaico? Entenda como funciona!

“Energia solar está em alta em todo mundo. As pessoas buscam formas de gerar energia de forma limpa e renovável. E talvez em meio a toda essa conversa sobre energia solar você tenha ouvido falar em “efeito fotovoltaico”. Esse efeito nada mais é do que a transformação da energia solar em eletricidade.”

No Brasil, por conta das altas taxas e variações no preço da energia muitos tem buscado soluções alternativas. O número de pessoas dispostas a gerar sua própria energia é tanto que em 2012 regras foram estabelecidas pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

O que é Efeito Fotovoltaico

As chamadas regras do segmento de geração distribuída dão conta das situações onde a energia é produzida pelo próprio consumidor. Geralmente através de um gerador elétrico que é instalado na sua casa ou empresa e conectado à rede da distribuidora.

Esse modelo é seguido por mais de 54 mil brasileiros, sendo que 99% deles usam sistemas fotovoltaicos. E segundo projeções oficiais da ANEEL o número total de geradores deverá passar dos 886 mil até 2024. Portanto é possível perceber que esse é um segmento que está crescendo e deve continuar chegando a mais pessoas nos próximos anos.

Energia solar

A luz do sol é capitada por um conjunto de placas de energia solar. Essas placas são chamadas de painéis fotovoltaicos. Esses painéis captam a luz do sol e convertem em energia elétrica. E é justamente esse processo que é chamado de efeito fotovoltaico.

A quantidade de energia capitada vai depender do consumo. Cada residência ou empresa possui um projeto de energia solar específico. Ele é feito por empresas especializadas que irão calcular as necessidades daquele empreendimento. E partir daí fazer uma instalação que dê conta de gerar energia para o estabelecimento.

Veja também:  Como ganhar dinheiro com energia solar no Brasil

A carga gerada é enviada para o inversor de frequência. Ele então converte essa energia, de corrente alternada e contínua, e a distribui pelo quadro de força. E daí ela passa a ser consumida normalmente nas tomadas, gerando energia para aquele local.

Como o sistema funciona com a luz solar sua geração oscila conforme a posição do sol no céu. Isso significa que ele apresenta maior geração ao meio dia, quando o sol está em seu pico. E quando é a noite ele cessa sua produção. Mas calma, isso não quer dizer que você vá ficar sem energia. A produção pode parar mas a energia gerada durante o dia é armazenada no aparelho.

Explicando cientificamente o efeito fotovoltaico

As células fotovoltaicas têm a sua origem em semicondutores como o silício, telurieto de cádmio, disselenieto de cobre e índio. A essência delas consiste na junção de duas camadas semicondutoras, em que uma é dopada positivamente e outra negativamente. Assim é criado um campo eléctrico entre as duas.

As células são montadas de forma sequencial em painéis fotovoltaicos. Eles também são conhecidos como módulos solares, e servem para obter a tensão adequada para gerar o efeito desejado. Parte da radiação é perdida pela reflexão.

Já a outra parte pela transmissão, esse efeito também é conhecido como atravessar a célula. O restante pode saltar elétrons de uma camada para outra. E assim é criado uma corrente proporcional à radiação incidente.

A luz solar que atinge a célula fotovoltaica provoca a libertação de elétrons. Eles então são guiados pelo campo elétrico existente na junção p-n, formando uma corrente elétrica. O valor da corrente é proporcional à radiação solar. Dessa forma, quanto maior a radiação maior será também a corrente.

Veja também:  Como homologar sistema de energia solar fotovoltaico

Crédito de energia

Créditos de energia são gerados quando a quantidade de energia produzida para o uso doméstico é excedida. Com o sistema de troca de energia, o poste da distribuidora funciona tipo a uma espécie de bateria. Isso porque ele recebe energia do gerador e fornece nova energia quando necessário.

Quem possui um sistema de geração de energia solar fotovoltaica pode gerar créditos e receber descontos na fatura da sua conta de energia. Porém, é importante ficar atento à regulamentação para saber como você pode se beneficiar dele.

Toda energia gerada pelo sistema fotovoltaico que passa a ser injetado na rede vira créditos energéticos. E você pode então usar para descontar do que consumiu da distribuidora. E além disso o que sobra ainda vale por 5 anos. As regras são estabelecidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Os sistemas são projetados para gerar toda a energia que uma pessoa, casal ou família consomem, portanto o balanço é sempre positivo. Sendo assim, a sua conta de luz pode ser reduzida em até 95%. Fique atento quanto ao seu consumo, e as regras para aproveitas desses benefícios.