Energia Solar Fotovoltaica – O que é, como funciona o Sistema Solar?

“Neste artigo você vai entender em detalhes o que é energia solar fotovoltaica , como ela funciona, os componentes, e muito mais. Acompanhe o texto até o final para ficar por dentro de tudo!”

Antes de começarmos a nos aprofundar no assunto, você precisa saber que a Energia Solar Fotovoltaica é uma fonte de energia inesgotável, como o próprio nome denuncia é proveniente do sol.  Mas qual a sua utilidade e como aproveitá-la?

Energia Solar Fotovoltaica

O que é Energia Solar Fotovoltaica?

O sol possui uma imensurável capacidade de geração de energia e ilumina a terra todos os dia sem nos cobrar nada por isso. Você já imaginou como seria interessante utilizar energia do sol em nossas residências ou empresas?

Todos os meses você paga a sua conta de luz a uma concessionária de energia elétrica, sendo que o sol pode fornecer essa mesma energia sem cobrar nada! Mas, como tornar isso possível?

Como funciona a Energia Solar Fotovoltaica?

Para realizar a captação de energia do sol foi desenvolvida uma placa formada por cristais de silício, que é um material semicondutor de energia.

Quando as placas fabricadas em silício, e também conhecidas como placas solares ou fotovoltaicas, recebem a incidência da luz solar, ocorre uma reação que libera elétrons, gerando então uma corrente elétrica.

Esta corrente então é coletada por fios de cobre que estão ligados às placas solares e direcionada para um equipamento chamado inversor de corrente.

Este inversor recebe a energia dos painéis em corrente contínua, porém este tipo de corrente não é suportada pelos eletrodomésticos, desta forma o inversor a altera para o padrão de corrente alternada e a distribui pela rede elétrica da residência.

Ou seja, com um sistema solar fotovoltaico, você absorve a energia lançada na terra pelo sol e a utiliza em sua residência, gerando economia em sua conta de luz. Para ficar ainda mais interessante, você ainda pode vender a energia que sobrar para a concessionária de energia elétrica da sua região e ficar com créditos em suas próximas cobranças de energia.

Veja também:  Energia fotovoltaica - O que é, como funciona o sistema fotovoltaico?

Componentes de um Sistema de Energia Solar

Basicamente o sistema de energia solar para residências e empresas é composto por três peças:

  • Placas ou painéis solares
  • Inversores
  • Baterias

Conheça um pouco de cada uma delas abaixo.

Placas ou Painéis Solares

Você já deve ter observado no telhado de algumas casas, uma espécie de painel de vidro no telhado e, se ainda não conhecia sobre a energia solar, ficou até mesmo curioso e sem entender o que seria aquilo.

Este painel ou placas instalado nos telhados de algumas residências, são os painéis solares. A sua função é basicamente a de absorver a energia que o sol lança sobre ele e direcioná-la para o circuito da residência.

Inversores

O inversor solar é uma espécie de quadro de comando do sistema solar, é ele que faz todo o gerenciamento e distribuição da energia recebida dos painéis. Ele pode direcionar a energia recebida para uso imediato, para armazenamento em baterias ou enviar para a rede pública. Tudo isso vai depender das demandas de energia e de suas configurações.

Além de gerenciar a energia, ele emite diversas informações sobre o funcionamento dos circuitos e ainda executa a função mais importante: a de converter a energia do sol de corrente contínua para alternada, permitindo a sua utilização residencial.

Como funciona a Energia Solar fotovoltaica

Baterias

As baterias solares podem ou não fazer parte de um sistema solar, pois são um item opcional no circuito.

Ao optar pela adição de baterias no sistema, toda a energia excedente será direcionada para o carregamento das baterias, tornando possível a sua utilização futura.

As baterias são recomendadas para quem precisa ou deseja se desligar completamente da rede pública de energia, pois possibilita que o usuário armazene a energia recebida do sol para utilização quando ele não está presente, como por exemplo no período noturno, onde não há luz solar.

Veja também:  Energia Solar no Brasil - Tudo sobre Energia Fotovoltaica no país

O grande empecilho é que estas baterias ainda possuem valor muito elevado, sendo preciso analisar muito bem cada projeto de energia solar fotovoltaica para entender se vale a pena este investimento.

Isso porque quem não possui um banco de baterias solar, utiliza a energia da própria concessionária durante o período noturno e dias chuvosos onde a geração solar fica prejudicada.

Temos que lembrar também que mesmo sem um banco de baterias o usuário geralmente possui créditos com a concessionária de energia, pois como falamos acima os excedentes que foram gerados durante o dia são fornecidos a concessionária e acabam gerando créditos que compensam a falta de geração noturna.

Desta forma, fica a critério do usuário e das necessidades de cada projeto optar ou não pela adição de baterias solares.

Como usar Energia Solar Fotovoltaica em dias nublados, de chuva e a noite?

Essa é uma pergunta que muita gente tem dúvidas. Mas, vamos lá!

O sistema solar não necessita de um dia totalmente ensolarado e de céu limpo, para trabalhar e gerar energia para alimentar a sua residência. Ou seja, mesmo em dias que as condições climáticas pareçam não estar a seu favor as placas solares produzem energia, no entanto em menos quantidade.

A noite não há geração de energia solar através dos painéis solares. Porém, se você possuir um sistema solar fotovoltaico conectado à rede de energia elétrica (também conhecido como sistemas On-Grid), você conseguirá consumir energia da rede elétrica de maneira normal durante o período da noite.

Este ponto é interessante, pois você não precisa investir e gastar uma enorme quantidade de dinheiro para instalar as baterias solares em sua residência.

Veja também:  Energia Solar para Condomínios - Entenda como funciona

É vantajoso Investir em um Sistema de Energia Solar?

A resposta para a pergunta acima é simples: Sim, é muito vantajoso investir em energia solar. O investimento em energia solar pode ajudá-lo a reduzir em até 95% os seus custos com energia e acaba ficando imune aos reajustes de tarifa.

Além disso, o consumidor que investe neste tipo de energia tem o reembolso de  investimento em um período de 4 a 8 anos, sendo que a vida útil do sistema é de ao menos 25 anos.

Conclusão

Neste artigo você conheceu e aprendeu sobre o que é energia solar fotovoltaica, como funciona um sistema fotovoltaico e os componentes que o compõem. Já foi possível perceber também que é vantajoso e econômico. Nos próximos artigos você terá ainda mais detalhes sobre o tema.

Qualquer dúvida, não deixe de comentar e até a próxima!